sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Estilo com a Cookie - Chemisier

Chemisier vem da palavra francesa Chemise, que significa camisa.

No século XVIII, chemises eram roupas de baixo, até o joelho, de linho. Em 1780, Maria Antonieta popularizou o Chemise como vestimenta externa. Ele era de algodão branco e informal.
Chemises com cortes mais retos, usados com amarrações na cintura.


Em aproximadamente 1800, os vestidos começaram a ter a cintura alta com uma faixa.

Na década de 50, a Dior e Balenciaga apresentaram para o público, o chemise sem cinto e sem cintura marcada, na época, muita gente gostou pelo conforto e acharam moderno, mas muitas outras pessoas acharam que ele não valorizava o corpo feminino.
Chemises com mais volume, e evasè.

Por causa do bafafá do final dos anos 50, ele ganhou fama negativa e saiu um pouco de cena na década de 60. 
Mas foi nos anos 70, que o chemise voltou a dar o ar graça, dessa vez, mais ajustado. E na década de 80, ele ficou mais folgado novamente, e a partir dai a modelagem do chemise se diversificou, tornando-se como o vemos hoje em dia, em modelos mais ajustados, outros tipo camisão e por aí vai...
Hoje em dia, o chemise é super variado, podendo ser sofisticado, elegante, moderno, justo, largo, da forma que quiser. E pode ser usado sozinho ou combinado com meia calça ou legging (como no caso da Taylor Swift), e o mais legal é que ele super combina com um saltão ou com rasteirinhas, sem perder o charme.

Todas as imagens foram retiradas da internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui sobre o post! Se tiver alguma dúvida sobre preços ou produtos, por favor envie e-mail para contato@cookieplushie.com.br, para que nós possamos enviar resposta!!! Beijos