quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Paradigma Turismo - Lugares assustadores em São Paulo

Edificio Andraus
Esse edifício foi construído em 1962 na esquina da Avenida São João com a rua Pedro Américo, ele tem 115 metros de altura e 32 andares. 



 Em 24 de fevereiro de 1972 ocorreu um incêndio no prédio, que na época ocupada escritórios empresariais. No incêndio morreram 16 pessoas e mais de 300 ficaram feridas. 
Apesar de não ter certeza sobre o fato, acredita-se que o fogo que começou no segundo andar, tenha sido consequência de sobrecarga no sistema elétrico. 

As pessoas presas no prédio tiveram que usar as escadas de emergência e subir até o último andar do edifício, até que os bombeiros conseguissem controlar o incêndio e até que o helicóptero chegasse para resgatá-los.

Até hoje as pessoas dizem escutar os pedidos de socorro daqueles que morreram.


Edifício Joelma
O edifício Joelma é conhecido hoje como edifício Praça da Bandeira, e foi inaugurado em 1971 em São Paulo. O prédio com 25 andares (10 são garagem), está localizado na Av. Nove de Julho.

Em 1 de fevereiro de 1974, houve um incêndio que deixou 191 mortos e mais de 300 feridos.
A causa do incêndio foi um curto-circuito em aparelho de ar condicionado no 12º andar. 

No início do incêndio, algumas pessoas conseguiram escapar pelos elevadores, porém depois de um tempo eles pararam de funcionar, e um grupo de 13 pessoas que não foram identificadas, foi encontrado em um elevadores, fazendo com que fossem conhecidos como as treze almas do edifício Joelma. 
Por causa do fogo, as pessoas começaram a subir para a cobertura na esperança de resgate, porém como o prédio não tinha laje capaz de suportar o pouso de um helicóptero, tiveram que colocar cabos ligando o prédio ao vizinho para que o helicóptero pudesse resgatar as pessoas.

Hoje, ainda se fala sobre os fantasmas do Joelma, sobre as 13 almas do edifício, aparições de espíritos, gritos, vozes e fenômenos estranhos

O local ainda é conhecido como palco do Crime do poço.

Vinte e seis anos antes do Joelma, havia uma casa construída no local.
Em 1948, um professor de química orgânica (Paulo Ferreira de Camargo), assassinou sua mãe e suas duas irmãs e as enterrou no poço que mandara construir no quintal de casa.
Com o sumiço das 3 mulheres, a polícia suspeitou de Paulo e em 23 de novembro, quando foram escavar o poço, Paulo saiu de perto e se suicidou com um tiro.

Após o suicídio, um dos bombeiros que resgatou os corpos, morreu de infecção cadavérica (pois não usava luvas ao manusear os cadáveres).

E você conhece algum outro local assustador em São Paulo?


Imagens retiradas da internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui sobre o post! Se tiver alguma dúvida sobre preços ou produtos, por favor envie e-mail para contato@cookieplushie.com.br, para que nós possamos enviar resposta!!! Beijos